Arquivos do Blog

PSB rebate críticas do PT a Eduardo Campos

Filipe Matoso

Após o PT ter publicado um texto no qual criticou o presidente do PSB, Eduardo Campos, a legenda do governador de Pernambuco decidiu rebater as críticas. Em nota, a sigla de Campos afirmou que os ataques representam “desespero” da direção do PT em razão de o PSB ter candidato próprio nas eleições presidenciais deste ano – Campos é o pré-candidato do partido.

“Fica evidente o desespero da direção do Partido dos Trabalhadores frente à discussão democrática do PSB em ter candidato próprio à Presidência da República em 2014. Tal desespero só demonstra a força das ideias e do debate que o PSB está propondo, sendo a real alternativa para que o Brasil avance nas mudanças que o povo brasileiro clama e precisa”, diz a nota.

Eduardo Campos rompeu com o governo Dilma Rousseff em setembro do ano passado, quando entregou os cargos que o PSB ocupava na administração federal, “em face da possibilidade de, legitimamente, poder apresentar candidatura à Presidência em 2014”, segundo carta entregue na ocasião pelo governador à presidente.

No texto do PT, intitulado “A balada de Eduardo Campos”, o partido classificou o governador como “tolo” e “playboy mimado”, além de fazer outras críticas.

Até a próxima!

Dilma vence no primeiro turno se disputar com Aécio e Campos, diz Datafolha

Filipe Matoso

A pesquisa Datafolha publicada neste sábado (12) pelo jornal “Folha de S. Paulo” mostra que a presidente Dilma Rousseff seria eleita em primeiro turno nas eleições de 2014, num cenário de disputa com Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). Nesse cenário, Dilma teria 42% das intenções de voto, Aécio aparece com 21% e Campos, com 15%. Brancos, nulos ou nenhum somam 16%. Outros 7% não sabem em quem votar.

No total, quatro cenários para a eleição presidencial de 2014 foram simulados pelo Datafolha. Neles, Campos é substituído por Marina Silva e Aécio, por José Serra. Na simulação do instituto em que a disputa aparece mais apertada, a presidente ficaria com 37% das intenções de voto, Marina com 28% e Serra alcançaria 20%.

Rejeição

O Datafolha também pesquisou os índices de rejeição para a disputa do ano que vem. José Serra (PSDB) aparece em primeiro lugar, com 36%. Dilma fica em segundo lugar, com 27%, Eduardo Campos aparece em terceiro, com 25%, Aécio é o quarto (24%) e Marina é quem tem o menor índice de rejeição (17%).

Até a próxima! 

Ministro Fernando Bezerra entrega cargo a Dilma

Filipe Matoso

Fernando Bezerra se reuniu nesta terça-feira (1º) de manhã com a presidente Dilma Rousseff por cerca de uma hora e entregou o cargo. A orientação para que ele deixasse o Ministério da Integração Nacional foi do PSB, que decidiu sair do governo federal.

Eduardo Campos, governador de Pernambuco e presidente do partido, é pré-candidato à Presidência da República.

Hoje, no microblog Twitter, Bezerra comentou a saída. “Acabo de sair de uma boa e agradável conversa com a pres Dilma. Agradeci a oportunidade de servir ao meu país, como ministro @br_integracao (perfil do ministério no microblog)”.

Até a próxima!

Eduardo Campos aprova desempenho do PSB no segundo turno

Filipe Matoso

O presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, aprovou o desempenho do partido no segundo turno das eleições municipais deste ano. Um dos nomes de mais destaque no primeiro turno, Campos disse nesta segunda-feira (29) em Recife que a responsabilidade da sigla aumentou.

“Um resultado muito bom. Ganhamos prefeituras importantes no Centro Oeste e no Sudeste. Somos agora um partido reconhecido pela confiança de brasileiros de todas as regiões do país”, disse.

Eduardo Campos acompanhou as eleições e a apuração em casa, segundo o partido, acompanhado pela família, do prefeito eleito de Recife Geraldo Júlio, amigos e assessores.

Para Eduardo Campos, o PSB “manteve” a tendência de crescimento nas eleições, ao conseguir eleger prefeitos em mais três capitais (Fortaleza, Cuiabá e Porto Velho). No primeiro turno, Recife e Belo Horizonte escolheram candidatos da legenda.

Em todo o país, segundo levantamento do partido, 442 candidatos do PSB foram eleitos prefeitos.

“Isso aumenta a nossa responsabilidade. Não queremos simplesmente ganhar eleições. Queremos que as cidades que elegeram nossos candidatos sejam as verdadeiras vencedoras. Já somos o partido cujos candidatos tiveram mais êxitos ao tentar a reeleição. E vamos trabalhar duro para continuar assim”, disse o presidente da legenda.

Até a próxima!

Aécio diz que PSDB e PSB devem ter aliança ‘natural’ em 2014

Filipe Matoso

Aécio Neves/ foto: George Gianni - PSDB/ blogdofilipe

Aécio Neves/ foto: George Gianni – PSDB

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) disse nesta quarta-feira (24) que o PSDB e o PSB devem formar uma aliança “natural” nas eleições de 2014. Neste ano, o PT e o PSB romperam em cidades estratégicas, como Recife e Belo Horizonte,  e o partido de Eduardo Campos venceu nos dois municípios.

“É um apoio natural. O PSDB apresentará uma proposta alternativa ao país independentemente de quais sejam seus aliados. Tenho esperança de que teremos uma aliança muito forte. Se o PSB vai participar dela no futuro, é ele que tem que dizer”, disse Aécio.

“Existem alianças naturais entre o PSDB e o PSB no país inteiro. Por mais que se incomodem alguns atores de outros partidos políticos. Mas não digo que isso vá nos levar a uma aliança daqui a pouco. (…) Até pelo respeito que tenho pelo Eduardo, que é meu amigo pessoal há mais de 20 anos, tenho que respeitar a sua posição hoje. Ele é líder de um partido, presidente de um partido que está na base de sustentação do governo [federal]”, completou.

Até a próxima!