Arquivos do Blog

Jucá diz que não há acordo para votação do orçamento

Filipe Matoso

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) disse nesta segunda-feira (19) que ainda não há acordo entre os partidos para a votação do relatório preliminar do orçamento federal do ano que vem. O parlamentar acredita, no entanto, que o projeto pode ser votado nesta terça (20) na Comissão Mista de Orçamentos Públicos do Congresso.

“Não se construiu ainda entendimento entre base do governo e líderes de oposição para que se possa votar esta matéria. Já estamos atrasados, o relatório preliminar  está pronto há mais de duas semanas”, afirmou o senador.

Até a próxima!

Anúncios

Mantega diz que aprovação da Resolução 72 será benéfica para o país

Filipe Matoso

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta quarta-feira (25) que a aprovação do texto-base da Resolução 72 no Senado será benéfica para o Brasil. “Vamos deixar estimular a importação de produtos e de exportar empregos para outros países, além de estimular a produção nacional”, disse.

A aprovação do projeto no Senado na terça-feira (24) acaba com a guerra dos portos. De acordo com o Ministério da Fazenda, a partir de janeiro do ano que vem todos os Estados terão de seguir a alíquota única de 4% do ICMS interestadual para produtos importados.

Mantega disse ainda que os Estados que atualmente concedem incentivos tributários na importação vão ter o suporte do governo para que possam fazer uma transição para corredores de exportação para Estados produtores de bens manufaturados. 

A medida impede que Estados como Espírito Santo, Santa Catarina e Goiás deem incentivos fiscais a produtos vindos de fora do país, mas que terão como destino outras unidades da federação.

Guido Mantega/ foto: Valter Campanato - ABr

* Informações divulgadas pelo Ministério da Fazenda

Até a próxima!

Aprovação de Dilma chega a 77%, diz Ibope

Dilma Rousseff/ foto: Wilson Dias - ABr

Índice é o maior desde que Dilma assumiu a Presidência

Filipe Matoso

Uma pesquisa encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) ao instituto Ibope apontou que a aprovação pessoal da presidenta Dilma chegou aos 77%. O índice subiu 5% em relação ao último estudo, de dezembro do ano passado.

O número atingido pela chefe do Executivo é o maior desde que assumiu a Presidência, em janeiro de 2011. A pesquisa apontou ainda que 19% desaprovam a maneira como Dilma governa.

De acordo com o “G1”, o Ibope ouviu Entre 16 e 19 de março 2002 eleitores com 16 anos ou mais em 142 municípios de todas as regiões do país.

O site fez um levantamento e apontou que em relação ao ex-presidente Lula, Dilma apresenta maior popularidade em comparação com os dois primeiros anos dos dois mandatos do petista.

Em março de 2008 Lula tinha 73% de aprovação. “A melhor avaliação dele, no mesmo período, foi registrada em março de 2003, quando ele obteve 75%. Na última pesquisa Ibope do governo Lula, em dezembro de 2010, o ex-presidente obteve 87% de aprovação”, destaca o portal.

Até a próxima!