Arquivo mensal: janeiro 2011

# Diário de Viagem

Olá a todos,

o blog está de férias desde o último dia 14. A partir da próxima terça-feira, 1º de fevereiro, os textos do Blog do Filipe voltam com tudo!

Obrigado pela compreensão,

Filipe Matoso

Anúncios

O DFTV fica por aqui, aproveite o restante do dia

Por Filipe Matoso

Edição do telejornal da TV Globo exibido nesta sexta (14/01) mostrou como alguns estudantes da UnB aproveitam o tempo em que estão na universidade

O DFTV 1ª Edição exibido nesta sexta-feira trouxe uma matéria da repórter Alessandra de Castro sobre os famosos Centros Acadêmicos (CAs). Os centros foram criados para atender aos alunos da Universidade de Brasília (UnB). Na origem, os CAs têm por objetivo ser uma espécie de braço direito da instituição e apoiar nas variadas atividades que ocorrem ao longo do ano.

A gente supõe que o consumo de bebidas alcoólicas e drogas por parte dos alunos, nas dependências da UnB, não seja de interesse da faculdade. Aliás, há momentos em que este pensamento gera dúvidas. Afinal, alguma pessoa de Brasília não sabe que inúmeros alunos da UnB ficam o dia inteiro no local consumindo drogas? Sem moralismo, se eu sei, você sabe e o Zé também, como prefeito e reitor da universidade não sabem? Conversa fiada!

As imagens da matéria são muito boas. Não há como negar o consumo de bebidas alcoólicas e drogas, pois, inclusive, há cartazes com os dizeres “legalize já”, além de uma folha de maconha desenhada nos papeis.

Irritados com a presença da repórter na festa, os alunos chegaram a fechar a porta da sala no pé de Alessandra. A jornalista por pouco não quebrou o pé com a violência dos “estudantes”. Na reportagem, o prefeito do Campus da UnB, Paulo César, acompanhou a equipe e foi até a sala da farra. Após ver o que acontecia no local, prometeu que até o mês de março estaria tudo resolvido. Leia o resto deste post

Destruição e mortes no Rio e em SP

Olá a todos,

infelizmente, como todos sabem e estão acompanhado, nos Estados do Rio e São Paulo houve, nos últimos dias, muita devastação por causa das chuvas. São milhares de pessoas desabrigadas e desalojadas, sem contar que o número de mortes tem crescido assustadoramente.

O sentimento geral é de tristeza pelo que aconteceu a essas pessoas. Nessa hora não podemos pensar se eram casas irregulares e invasões, pois eram pessoas que perderam a moradia e parentes.

A notícia boa, se é que as pessoas conseguem enxergar algo bom nesse momento, é a de que o Governo Federal anunciou a liberação de R$ 780 milhões para os municípios destruídos.

Hoje o blogdofilipe não traz um novo texto.

Amanhã estaremos de volta!

Obrigado, Filipe Matoso.

As três novelas da semana

Por Filipe Matoso

Passione apresenta os desfechos até a próxima sexta-feira, 14 de janeiro. A novela Ronaldinho Gaúcho se encerrou nesta segunda e o craque foi para o Flamengo. Já a novela dos cargos do segundo escalão do Governo Federal, ainda não sabemos como terminarão os últimos capítulos.

Mas, por quais motivos o blogdofilipe falaria de novela da TV Globo, se o tema principal é a Política nacional? Nesta semana, aguardamos, ansiosos, o desfecho de três novelas que a imprensa nos incentivou a acompanhar.

Quanto à produção da TV Globo, eu ainda não li nos sites o que irá acontecer. Sei apenas que o Totó (Tony Ramos) não morreu e que o Diogo (Daniel Boaventura) é policial. Por sinal, o Gerson (Marcelo Anthony) revelou porque gosta tanto de “sexo sujo” e a Clara (Mariana Ximenes) já foi presa. Camila Gertrudes, minha colega de trabalho, já me contou que essa semana não perde um capítulo da novela. Nesse caso, ela e muita gente espalhada por ai ficará a partir das 21h em frente à telinha.

Leia o resto deste post

Se esta rua fosse minha, eu mandava asfaltar

Em alusão à antiga musica infantil, o blgodofilipe inaugura uma sessão diferente. Desta vez, o assunto foi sugerido por um de nossos leitores

Você certamente já ouviu esta música: “se essa rua, se essa rua fosse minha, eu mandava, eu mandava ladrilhar. Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhantes, para o meu, para o meu amor passar”. Bem, o leitor André Carlos Júnior (20), estudante de Publicidade e Propaganda, mora na cidade de Águas Claras-DF e registrou algumas imagens das ruas da cidade. Certamente, o asfalto lá precisa de alguns reparos.

Após alguns dias de chuva forte, o asfalto praticamente foi embora e restou muita sujeira nas pistas. Os enormes buracos formados se tornam um grande perigo para os motoristas. Afinal, o condutor de um veículo pode passar em cima de uma cratera e furar o pneu ou até capotar.

Leia o resto deste post

O primeiro ‘pecado’ de Lula após a saída

Por Filipe Matoso

Ida do presidente Lula ao Forte dos Andradas gera comentários negativos para as férias do petista

Quem assistiu ao Jornal Nacional (TV Globo) exibido na última quarta-feira, 5 de janeiro, pôde ver uma matéria sobre as férias do presidente Lula. Presidente? Isso mesmo. No Jornalismo, tratamos ex-presidentes como presidentes, pois se torna um texto mais educado.

Voltando, a matéria sobre a ida de Lula com a família ao Forte dos Andradas, no Guarujá, litoral de São Paulo, gerou comentários negativos. Por exemplo, ouvi pessoas dizerem que “isso é uma pouca vergonha”, “eu sabia que ele ia achar que ainda é presidente”. Ouvi também que “o Lula é um safado e ainda leva a família dele para passar férias em um lugar construído com o dinheiro público”.

Vejamos: o que causa a revolta nestas pessoas? O engraçado é que estes irritados também não gostaram da forma como o presidente Lula se despediu do povo no dia 1º de janeiro, nem do índice de popularidade dele, avaliado em 87% como ótimo, bom ou regular. Segundo estas pessoas, os dados são “comprados e falsos”. Os revoltados ainda dizem ser um “abuso com o povo brasileiro” a ida do petista ao forte. Os nomes não precisam ser revelados. Leia o resto deste post

Gilberto Carvalho assume a Secretaria-Geral da Presidência

Por Filipe Matoso

 Agora é oficial. Em cerimônia no Palácio do Planalto, o mineiro Luiz Dulci entregou o cargo de ministro-chefe da Secretaria-Geral, no último domingo (02/01), para Gilberto Carvalho, ex-chefe de gabinete do presidente Lula.

Durante o Governo Lula, apenas três ministros permaneceram nos mesmos postos do começo ao fim, Celso Amorim (Relações Exteriores), General Félix (Gabinete da Segurança Institucional – GSI) e Dulci. Quanto à Secretaria-Geral, a presidente Dilma disse ao ex-ministro que não faria juízo de valor para escolher o sucessor.

Contrariado, no bom sentido, Dulci afirmou a então presidente eleita que o melhor juízo de valor havia sido feito. Para ele, “escolher o Gilberto foi valorizar o trabalho da secretaria. Além de reconhecer o esforço de toda a equipe”. Segundo Dulci, “o sucessor deveria ser alguém que já tivesse acompanhado o trabalho da secretaria, além de ser uma pessoa com experiência política suficiente para saber dialogar com sindicalistas”.

O ex-ministro disse em seu discurso ter sido “uma aventura fascinante comandar a Secretaria-Geral nesses oito anos. Em 2003, quando o presidente Lula nos passou a missão de dialogar permanentemente com os movimentos sociais, tinha a certeza de que nos entregaríamos ao máximo para fazer o melhor trabalho. Além disso, chamei para a equipe pessoas que tinha confiança há bastante tempo e sabia da competência”.

Durante a fala, inúmeras vezes Luiz Dulci foi aplaudido e ovacionado. Com um discurso entusiasmado e animado, o mineiro afirmou também que “foi gratificante ter participado da história do país. Fazer parte do governo do presidente Lula é algo que enche o peito de orgulho de qualquer pessoa”.

Disse ainda que “foi fundamental ter na secretaria pessoas com origem em movimentos sociais e antiga militância política”. Vale lembrar que o ex-ministro é fundador da União dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (UTE). Além dele, Wagner Caetano, secretário nacional, também tem passagens pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SindUte). Leia o resto deste post